Are We Happy Yet?

Insurreição Espiritual

O máximo da culture da improvisação.
Spiritual Insurrection: The ultimate culture jam
Emilio Morenatti/AP Images

This article is available in:

Nós acordamos um dia com a obscura percepção de que a humanidade está sendo tragada para um buraco negro de catástrofes ecológica, financeira e espiritual…que a nossa democracia está sitiada por uma corporacracia…que todo dia duzentas espécies de plantas, insetos, animais e mamíferos são extintos…que uma enchente de anúncios está guiando nossa civilização como sonâmbulos ao limiar da insanidade…e que, ao menos que lutemos da forma mais visceral e criativa possível, tudo estará perdido.

E o que marca nossa luta em 2012 é que não estamos brigando para salvar um futuro distante. Não estamos tentando prevenir algum acontecimento terrível que ainda está por vir. Isso não é sobre nossos netos que ainda vão nascer. Em vez disso, muitos de nós acham que já passamos pelo momento da virada; o ponto de inflexão já aconteceu e estamos lutando pelo nosso presente. Estamos vivendo naquele trágico momento de silêncio assustador em que o dano fatal já aconteceu, podemos ver as fissuras aumentando, mas o edifício ainda está de pé e os negócios continuam como sempre…mas por quanto tempo mais?

Nossos dias podem ficar mais escuros por essa percepção sombria, mas há motivo para estar profundamente otimista porque “onde há perigo também cresce o poder da salvação”. Nunca antes a possibilidade de tantalizar uma Primavera Global, uma insurgência do povo pela democracia em todo o mundo, pareceu tão próxima. Talvez pela primeira vez na história humana estejamos no limite de uma revolução em todas as partes e ao mesmo tempo contra os fraudadores financeiros, os lacaios corporativos e a ideologia do consumismo que trouxe a Terra para a beira do colapso.

Nessa era da indignação total e transcendente, olhamos uns para os outros, e não para os mestres acima, para descobrir o que será necessário para transmitir o máximo da cultura da improvisação: insurreição espiritual.

para o selvagem,
Improvisadores da Cultura HQ

Traduzido por Carlos Alberto Jr.